Em destaque

Carta da Federação

Juntos somos mais fortes!

Em 2019 um grupo de pais de atletas motivados pelas mudanças ocorridas no país e cansados das notícias de corrupção na natação, verificando na prática o quanto seus filhos eram prejudicados por esses fatos, resolveu assumir a Federação de Desportos Aquáticos de Mato Grosso do Sul.

Esse grupo conseguiu inicialmente quitar as dívidas da Federação e começou um projeto de estruturação da natação no esporte do MS. Eventos de qualidade foram realizados, como o centro-oeste 2019, considerado por muitos como o melhor da história e com direito a matéria no SporTV:

https://sportv.globo.com/site/blogs/blog-do-coach/post/2019/10/06/uni-evangelica-campea-do-centro-oeste-nao-radio-clube-nao-uni-evangelica.ghtml

Entrega da primeira piscina olímpica do estado no campeonato estadual, com presença de atleta olímpico no evento que teve seu nome:

https://globoesporte.globo.com/ms/noticia/trofeu-leonardo-de-deus-inaugura-primeira-piscina-olimpica-de-ms-e-emociona-tricampeao-pan-americano-homenagem-inesquecivel.ghtml

Por estar alinhado com o governo e com as mudanças esperadas para nosso país, recebeu um presente do governo federal. Durante o campeonato centro-oeste a ministra Tereza Cristina do governo Bolsonaro divulgou que a pedido dos pais dos atletas, o governo autorizou verba federal para construção de um complexo aquático, com piscina olímpica e toda estrutura para campeonatos mundiais.

https://globoesporte.globo.com/natacao/blogs/blog-do-coach/post/2019/12/23/contrato-assinado-campo-grande-vai-ganhar-mais-uma-piscina-olimpica.ghtml


A piscina foi contratada e a empresa está realizando projetos complementares do Centro Aquático.
http://www.esporteagil.com.br/noticias/natacao/prefeitura_da_capital_projeta_construcao_de_piscina_olimpica

A federação ainda ampliou os ganhos com diversos cursos para os profissionais de educação física. Com destaque aos cursos:

Ricardo Prado:

https://fedams.com/2019/05/06/clinica-ricardo-prado-2/

Alex Pussieldi:

https://www.enfoquems.com.br/campo-grande/ex-tecnico-da-selecao-brasileira-alex-pussieldi-ministra-clinica-de-natacao-em-campo-grande

Daniel Schneider:

https://fedams.com/2019/07/16/curso-de-arbitragem-de-natacao/

Um fato importante que a federação realizou foi o apoio de evento para os paratletas, onde destacamos que temos como meta apoiar outros eventos como este:

http://www.radiowebms.com.br/2019/04/29/depois-de-9-anos-fedams-apoia-paraolimpicos-da-driblando-a-diferenca/


Ampliando as conquistas do esporte a Federação desenvolveu e aprovou 2 projetos na Lei de Incentivo ao Esporte publicado no Diário Oficial da União conforme DELIBERAÇÃO No 1.360, de 12 de março de 2020 (sendo um para eventos e outro para os atletas). Um marco para o estado, rompendo o monopólio existente nos programas de Leis de Incentivo Fiscal do país. Fato que amplia os ganhos ao patrocinador que decidir pelo apoio a natação do MS, pois estará em destaque como pode ser visto na matéria:

Ressaltamos que nos projetos aprovados não foram inseridos custos de elaboração de projeto e para captação (permitidos pelo programa), onde o valor será 100% utilizado para os benefícios dos atletas, nosso verdadeiro objetivo.

O patrocínio da empresa em projeto desenvolvido por uma Federação organizada pelos pais dos atletas, que busca romper com toda a estrutura corrompida instalada no esporte do país, com algumas vitórias já alcançadas como demonstrado aqui, gera um patrocínio alinhado com a nova política de compliance instalada nas empresas e aproxima de sobremaneira o apoio da população em geral, implementando um fator que agrega positivamente a imagem da empresa patrocinadora.

Aproveitamos para convidar as empresas a patrocinarem nossos atletas e nossos eventos em 2021 e se beneficiar dos programas aprovados pela Federação.

E convocamos os técnicos, árbitros, atletas e pais a se unirem a Federação, pois juntos vamos construir muito mais!

Campo Grande/MS, 07 de setembro de 2020.

FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS

DE MATO GROSSO DO SUL

Em destaque

Quer apoiar um atleta e ter o valor deduzido do seu Imposto de Renda?

COM O PROJETO APROVADO PELA SECRETARIA ESPECIAL DO ESPORTE,

É POSSÍVEL!

ft2

Como apoiar um atleta de natação do nosso estado e ter o valor investido deduzido do seu Imposto de Renda?

Com o projeto Nº 71000.053948/2019-24 devidamente aprovado pela SECRETARIA ESPECIAL DO ESPORTE DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA, é possível patrocinar atletas de natação do Mato Grosso do Sul para participar dos Campeonatos Brasileiros, dentro da Lei de Incentivo Fiscal, e ter o valor investido deduzido do seu Imposto de Renda.

Assim, os atletas poderão buscar patrocínio de empresas (optantes do Imposto de Renda modelo Lucro Real) ou doação de pessoas físicas (optantes do Imposto de Renda modelo completo), limitado ao valor máximo aprovado no projeto.

A captação de recursos deverá ocorrer até o dia 28/12/2021, com objetivo de custear os valores das viagens de 2022.

Cabe ressaltar que este projeto tem como objetivo ajudar o atleta de natação nos custos de sua participação nos campeonatos de 2022, considerando toda dificuldade vivenciada no momento.

O projeto prevê o apoio aos atletas com índice técnico para participar dos Campeonatos Brasileiros, sendo os mesmos:

  • Campeonato brasileiro infantil – Torneio Ruben Dinard de Araujo;
  • Campeonato brasileiro infantil – Torneio Maurício Bekenn;
  • Campeonato brasileiro juvenil – Torneio Arthur Sampaio Carepa;
  • Campeonato brasileiro juvenil – Torneio Carlos Campos Sobrinho;
  • Campeonato brasileiro junior – Torneio Dr. Tancredo Neves;
  • Campeonato brasileiro junior – Torneio Julio de Lamare;
  • Campeonato brasileiro absoluto – Torneio Maria Lenk;
  • Campeonato brasileiro absoluto – Torneio JoséFinkel;

Para os atletas da categoria infantil e juvenil foram definidos também os custos para um acompanhante responsável.

“O projeto está limitado ao valor aprovado pelo ministério”.

PROCEDIMENTO DE CAPTAÇÃO

Todo o valor apoiado no projeto poderá ser deduzido do Imposto de Renda devido no limite de 1% para empresas que declaram no modelo Lucro Real e 6% do Imposto de Renda devido para declaração no Modelo Completo de pessoas físicas.

Como proceder:

O patrocinador faz um deposito identificado na conta BLOQUEADA aberta pela Secretaria Especial do Esporte em nome do proponente pelo Ministério da Cidadania, devidamente indicada na publicação do Diário Oficial da União – DELIBERAÇÃO Nº 1.360, DE 12 DE MARÇO DE 2020. Ao realizar o depósito, o patrocinador/doador deverá especificar seu CNPJ ou CPF, conforme o caso. Uma atenção especial é necessária neste momento, pois os recibos serão emitidos de acordo com o CNPJ/CPF informado no ato do depósito.

Dados Bancários: Banco do Brasil

Agência nº 2959 DV: 9

Conta Corrente (Bloqueada) vinculada nº 41676-2

 Posteriormente enviar e-mail para o endereço presidente@fedams.com.br informando os dados do patrocinador (incluir o CNPJ ou CPF) e do atleta patrocinado:

PESSOA JURÍDICA, além dos dados de identificação, endereço e contato, também deverão ser informados os dados dos responsáveis legais pela empresa patrocinadora (as empresas precisam ser, necessariamente, tributadas com base no lucro real).

PESSOA FÍSICA, serão necessários os dados de identificação, endereço e contato da pessoa incentivadora (o doador obrigatoriamente deverá usar o modelo completo de declaração de IR)

No e-mail deverá ser informado o nome do atleta e sua Categoria (em 2022);

Na sequência será emitido um Recibo em nome do doador, seguindo as exigências da Secretária Especial do Esporte. Esse documento traz todas as informações relacionadas à doação, que devem ser lançadas na Declaração de Imposto de Renda, devendo ser guardado pelo doador por no mínimo 5 (cinco) anos, junto com documentação da Declaração de Imposto de Renda.

No caso de dúvidas orientamos entrar em contato com a Federação de Desportos Aquáticos de Mato Grosso do Sul antes de efetuar o depósito identificado.

Marcello Vargas: (67) 99212-3532

Os custos previstos no projeto são:

Infantil (02 Campeonatos)

VALOR POR ATLETA: R$ 4.242,80 (teto de captação)

  • Uniforme completo do atleta; R$ 429,65
    • 01 abrigo de moletom;
    • 01 bermuda;
    • 02 camisetas;
    • 02 toucas de silicone;
    • 01 toalha de banho.
  • Passagens aéreas para 2 campeonatos (atleta e 01 acompanhante); R$ 1.614,00
  • Hospedagens para 2 campeonatos (1 quarto para 02 pessoas); R$ 2.199,15

Juvenil (02 Campeonatos)

VALOR POR ATLETA: R$ 4.380,50 (teto de captação)

  • Uniforme completo do atleta; R$ 429,65
    • 01 abrigo de moletom;
    • 01 bermuda;
    • 02 camisetas;
    • 02 toucas de silicone;
    • 01 toalha de banho.
  • Passagens aéreas para 2 campeonatos (atleta e 01 acompanhante); R$ 1.912,00
  • Hospedagens para 2 campeonatos (1 quarto para 02 pessoas); R$ 2.038,85

Junior (02 Campeonatos)

VALOR POR ATLETA: R$ 3.106,65 (teto de captação)

  • Uniforme completo do atleta; R$ 429,65
    • 01 abrigo de moletom;
    • 01 bermuda;
    • 02 camisetas;
    • 02 toucas de silicone;
    • 01 toalha de banho.
  • Passagens aéreas para 2 campeonatos (atleta); R$ 1.689,00
  • Hospedagens para 2 campeonatos; R$ 988,00

Absoluto (02 Campeonatos)

VALOR POR ATLETA: R$ 3.106,65 (teto de captação)

  • Uniforme completo do atleta; R$ 429,65
    • 01 abrigo de moletom;
    • 01 bermuda;
    • 02 camisetas;
    • 02 toucas de silicone;
    • 01 toalha de banho.
  • Passagens aéreas para 2 campeonatos (atleta); R$ 1.187,00
  • Hospedagens para 2 campeonatos; R$ 1.281,81

Os patrocinadores também poderão optar pelo apoio ao clube, patrocinando os custos das viagens dos técnicos.

Tire suas dúvidas

1) QUAL O OBJETO DO PROJETO DA LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE?

Como já antecipado acima, o projeto proposto pela FEDERAÇÃO DE DESPORTOS AQUÁTICOS DE MATO GROSSO DO SUL e aprovado pela Secretária Especial do Esporte do Ministério, visa a Participação dos atletas de natação do MS nos principais torneios nacionais.

2) O QUE É INCENTIVO FISCAL A PROJETOS ESPORTIVOS?

É a opção que é dada a todo contribuinte optante pela declaração de imposto de renda no modelo completo de destinar até  6% do imposto de renda devido a projetos esportivos aprovados pelo Ministério. O valor do incentivo é calculado com base no valor do imposto devido. Assim, se o contribuinte tem imposto a pagar, a doação diminui o valor do IR a pagar. Caso o contribuinte tenha imposto a ser restituído, a doação aumenta o valor da restituição.

3) COMO OBTER INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO?

As aprovações de projetos e a indicação das contas bancárias para captação são publicadas no Diário Oficial da União (DELIBERAÇÃO Nº 1.360, DE 12 DE MARÇO DE 2020).

Além disso, são disponibilizadas também no Portal do Ministério:

http://www.esporte.gov.br/index.php/institucional/secretaria-executiva/lei-de-incentivo-ao-esporte/projetos-aprovados-aptos-a-captacao

4) EU PAGO ALGUMA COISA PELA DOAÇÃO?

Não. Como o pagamento é realizado no ano anterior ao da Declaração de Imposto de Renda, você antecipa o valor do incentivo e usufrui do benefício fiscal no ano seguinte, ao fazer sua Declaração. Se você tiver imposto a pagar, o incentivo diminui o valor do IR devido. Se tiver restituição a receber, o incentivo aumenta o valor a ser restituído. Lembrando que para se beneficiar é preciso fazer declaração no modelo completo e doar até o limite global de 6% do IR devido. Este benefício é regulado pelas normas do IR e pela Lei Federal de Incentivo ao Esporte. Logo, não gerando, nenhum ônus ao doador.

5) QUEM PODE PATROCINAR:

  • Pessoa Jurídica: só aquelas tributadas pelo lucro real, no limite de 1% do IRPJ devido;
  • Pessoa Física: só aquelas que sejam optantes pela declaração MODELO COMPLETO (por Deduções Legais), no limite de 6% do imposto devido.

6) COMO SEI QUANTO É 6% DO VALOR DO MEU IMPOSTO DE RENDA?

O valor do imposto devido para cálculo dos 6% dedutíveis, para pessoas físicas, pode ser encontrado na “Ficha da DIRPF – Resumo da Declaração/Cálculo do Imposto”. Basta, portanto, calcular os 6% sobre o imposto devido na Declaração do ano anterior, para se obter estimativa do limite dedutível para o incentivo (segue exemplo uma declaração em anexo e como seria seu cálculo: R$ 65.830,44 x 6% = R$ 3.949,82). Observe que a simulação realizada com base na DIRPF da ano anterior se trata de estimativa do imposto devido para a Declaração do próximo ano. Caso o contribuinte tenha sofrido variação nos rendimentos recebidos durante o ano-calendário, esse cálculo pode mudar para mais ou para menos, devendo ser recalculado com base nos rendimentos efetivamente recebidos.

imposto

7) QUAL A DATA LIMITE PARA DOAR?

A data limite para realização do depósito identificado é 28/12/2021. Os pagamentos feitos neste ano deverão ser lançados na declaração de Imposto de Renda em 2022, quando, então, serão ressarcidos ao doador.

8) POSSO DOAR MAIS QUE 6% DO MEU IMPOSTO DE RENDA?

Você pode doar o valor que desejar. Porém, a Receita Federal só autoriza o abatimento no IRPF do limite de 6% do imposto de renda devido.

9) RECEBEREI O INCENTIVO MESMO SE EU NÃO TIVER SALDO DE IMPOSTO A PAGAR NA PRÓXIMA DECLARAÇÃO?

Sim. Caso você não tenha imposto a pagar, você receberá o valor do incentivo junto com a sua restituição. Ou seja, o valor da doação será acrescido ao valor da sua restituição de imposto de renda. Por exemplo: se você doar R$500,00 e tiver uma restituição de R$1.500,00, o saldo final a ser restituído será de R$2.000,00.

10) SE EU TIVER IMPOSTO A PAGAR RECEBEREI O INCENTIVO?

Sim. Neste caso o valor da doação reduzirá o saldo do imposto a pagar. Por exemplo: se você doar R$500,00 para o projeto e tiver que pagar imposto de renda no valor de R$1.500,00, o saldo de imposto a pagar será de R$1.000,00.

11) SE NO PRÓXIMO ANO EU FIZER DECLARAÇÃO NO MODELO SIMPLIFICADO?

Você não receberá a restituição do valor doado. A Lei de Incentivo ao Esporte prevê o benefício fiscal apenas para as pessoas físicas optantes pela declaração de Modelo Completo – por Deduções Legais.

12) QUALQUER PESSOA PODE DOAR?

Sim, desde que seja optante pela declaração MODELO COMPLETO (por Deduções Legais) e não ultrapasse o limite global de 6% (seis por cento) do imposto de renda devido.

13) MINHA EMPRESA SE INTERESSOU PELO PROJETO. PODEMOS FAZER USO DO INCENTIVO FISCAL PARA REALIZAR DOAÇÕES PELO PROJETO?

Sim. A Lei Federal de Incentivo ao Esporte também prevê a possibilidade de incentivo por parte da pessoa jurídica. Porém, as alíquotas dedução são diferenciadas e somente aquelas tributadas pelo lucro real, no limite de 1% do IRPJ devido;

14) COMO DEVE SER FEITA A TRANSFERÊNCIA BANCÁRIA?

Por depósito identificado, isto é, o depósito será feito na conta bancária do projeto (aberta e supervisionada pelo Ministério) até o último dia útil do ano corrente, mediante depósito identificado (com indicação de seu CPF). Após o depósito, a entidade ou pessoa que propôs o projeto irá emitir um recibo e enviar ao patrocinador, sendo que este servirá como comprovante para que a renúncia fiscal se efetue. Para o devido aproveitamento do valor transferido na dedução do imposto de renda, deve o contribuinte atentar para a correta informação de seu CPF e do valor transferido.

15) COMO OBTER O RECIBO DA DOAÇÃO?

Assim que for finalizada a transferência bancária, o doador deverá encaminhar um e-mail para o endereço presidente@fedams.com.br informando o nome do atleta e sua Categoria (em 2022); e será emitido um Recibo em nome do doador, seguindo as exigências do Ministério. Esse documento traz todas as informações relacionadas à doação, que devem ser lançadas na Declaração de Imposto de Renda, devendo ser guardado pelo doador por no mínimo 5 (cinco) anos, junto com documentação da Declaração de Imposto de Renda.

16) COMO O VALOR DA DOAÇÃO SERÁ LANÇADO NA MINHA DECLARAÇÃO?

Para a pessoa física efetuar o lançamento da doação na declaração de ajuste anual do IR (por Deduções Legais) o valor da doação deve ser inserido na seção “Doações Efetuadas” sob o código 43 – Incentivo ao Desporto. Neste campo, deve-se informar o nome do proponente do projeto beneficiado, o número de sua inscrição no CNPJ, e o valor doado. Todas estas informações constam no Recibo da Doação.

imposto2

17) CORRO O RISCO DE CAIR NA “MALHA FINA”?

NÃO! O beneficio fiscal decorrente da destinação de 6% do Imposto de Renda devido a projetos esportivos aprovados pelo Ministério é um direito assegurado a qualquer cidadão, chancelado pela Receita Federal do Brasil. O valor do incentivo é calculado com base no valor do imposto devido e não entra como dedução. Destacamos que o DOADOR é responsável por todas as informações fornecidas, por isso é importante ter muita atenção no momento do cadastro e na indicação das informações contábeis apresentadas no simulador.

18) COMO SEI QUE MEU PAGAMENTO SERÁ DIRECIONADO CORRETAMENTE PARA O PROJETO?

O depósito será feito em conta bloqueada pelo Ministério, devidamente indicada na publicação do Diário Oficial da União, e somente poderá ser movimentada após concluída a fase de captação de recursos, dependendo ainda da comprovação das despesas com os itens pré-definidos no projeto aprovado.

19) QUEM TEM O BENEFÍCIO FISCAL?

Contribuintes que ao realizarem a Declaração de Ajuste Anual – IRPF – optem pelo MODELO COMPLETO (por Deduções Legais). É necessário ter optado pela declaração modelo completo na última declaração e repetir no próximo ano.

20) EM QUAIS DETERMINAÇÕES ENCONTRAMOS A VALIDAÇÃO DO PROCESSO DE INCENTIVO FISCAL A PESSOA QUE DESTINAM PARTE DO IR A PROJETOS ESPORTIVOS?

Na Lei Federal de Incentivo ao Esporte (Lei no 11.438/2006) e na Instrução Normativa da Receita Federal do Brasil (RFB) no 1.131 de 21 de fevereiro de 2011, com última alteração dada pela Instrução Normativa da Receita Federal do Brasil (RFB) no 1.311 de 31 de dezembro 2012.

A legislação pode ser encontrada no link:

http://www.esporte.gov.br/index.php/institucional/secretaria-executiva/lei-de-incentivo-ao-esporte/legislacaolie

ft3ft4 (1)ft5

Simulador

Faça seu cálculo no Simulador de Alíquota Efetiva da Receita Federal.

Na aba “Cálculo Anual”, a Receita Federal disponibiliza uma calculadora em que você insere os valores que serão incluídos na Declaração Anual de Imposto de Renda e dá uma estimativa de quanto você vai pagar de imposto. Ao informar um valor qualquer em “Deduções de incentivo”, a calculadora informará que “as deduções não podem ser superiores a 6% do imposto” e corrigirá para o valor máximo que pode ser doado (6% pessoa física) ou, se preferir, calcule manualmente 6% do valor estimado do seu imposto. Pronto! Agora é só destinar ao projeto e informar o atleta de sua escolha.

 

Marcello Vargas Tiago

Presidente / FEDAMS

(67) 99212 3532

PLAENGE patrocina a Natação do MS através de Projeto aprovado no Ministério.

A Paenge realizou um importante patrocínio em projeto para realização dos eventos de natação no Mato Grosso do Sul. O projeto está aprovado na Lei de Incentivo ao Esporte publicado no Diário Oficial da União conforme deliberação número 1.360, de 12 de março de 2020.
A realização de patrocínio pela empresa Plaenge no projeto da Lei de Incentivo ao Esporte é um divisor de águas para o esporte de Mato Grosso do Sul. A ação permite um desenvolvimento muito mais amplo e profissional do nosso esporte, uma vez que as aprovações dos projetos pelo ministério exigem muito mais transparência e controle processual.
A empresa Plaenge, no Brasil, atua nas cidades de Londrina, Maringá, Curitiba, Joinville, Campo Grande, Cuiabá, Campinas e Porto Alegre. Conforme a Ranking Intec Brasil a Plaenge é a maior construtora da região Centro-Oeste do Brasil e também, segundo o Jornal Valor Econômico, é a maior construtora da região Sul do Brasil.

  • Fundado em 1970, o Grupo Plaenge atua nos segmentos de incorporação residencial, desenvolvimento urbano, construção civil, projetos e montagens industriais.
  • Em 1988 a Plaenge chegou em Campo Grande/MS e foi a partir do comportamento cultural e estilo de morar dos campo-grandenses que a Plaenge se inspirou a criar diversas inovações que mudaram o mercado imobiliário nacional, como o conceito de plantas flexíveis e grandes sacadas com churrasqueira.
  • Em 1995 o Central Park em Campo Grande foi o primeiro empreendimento a contar com a inovação que permitia ao cliente escolher o modelo de planta mais adequado às suas necessidades, o que mais tarde foi adotado por todo o mercado imobiliário.
  • E em 2019 a Plaenge lançou o Riviera Home Club, seu primeiro empreendimento imobiliário horizontal de alto padrão em Campo Grande, inaugurando sua ampliação de negócios no segmento de Desenvolvimento Urbano.

A Plaenge está comemorando 50 anos. E no seu aniversário de 5 décadas decidiu dar um presente para o esporte do MS. Realizou o patrocínio do projeto 71000.053950/2019-01 aprovado no ministério pela Lei de Incentivo ao Esporte. O Projeto tem como objetivo a realização de Torneios de Natação em Mato Grosso do Sul, sendo os mesmos: 05 Circuitos, 02 Campeonatos Estaduais, 01 Campeonato Centro-oeste e 01 Campeonato Brasileiro de Base.

Importante destacar que o apoio em projeto de eventos esportivos funciona também como um pivô de injeção financeira em toda uma cadeia econômica do estado, uma vez que um campeonato de modalidade olímpica movimenta uma rede de hotéis, restaurantes, shoppings, entre outros, funcionando como uma importante ação para uma retomada da economia pós pandemia.

O esporte de Mato Grosso do Sul agradece a empresa Plaenge por acreditar no nosso estado e em nossos atletas. Onde destacamos que essa parceria vai permitir ampliar ainda mais a qualidade de nossos eventos e possibilitar momentos mais agradáveis ao nosso público.

PLAENGE, NOSSO MUITO OBRIGADO POR ACREDITAR NA NATAÇÃO DO MS!

Benefícios de ter um apartamento em CAMPO GRANDE

A capital do Mato Grosso do Sul, Campo Grande é uma cidade planejada, bem arborizada, e excelente para quem está procurando qualidade de vida, conforto e requinte. Apostar em um apartamento em Campo Grande é garantia de satisfação para quem quer viver com classe em uma cidade que oferece praticidade e funcionalidades que a vida moderna requer! Nosso imóveis em Campo Grande possuem design arrojado e de alto padrão além de know how de mais de 50 anos no mercado imobiliário.

Confira aqui o melhor dos apartamentos em Campo Grande !

Clinica de Natação Coach Alex Pussield

Clinica de Natação Coach Alex Pussield

Realizado nos dias 28 de fevereiro à 1 março de 2020.

Cronograma
Dia 28 de fevereiro pela manhã e tarde
Dia 29 de fevereiro pela manhã e tarde
Dia 01 de março pela manhã
Dia 1
Apresentação e palestra de abertura “Natação sem segredos”
Treinamento de reconhecimento
Palestra para os pais “Ajude seu filho campeão”
Dia 2
Treinamento técnico (crawl & costas) (2 sessões)
Palestra técnica 4 estilos
Dia 3
Palestra fundamentos
Treino técnico (peito & borboleta) e fundamentos (2 sessões)
Palestra encerramento “Faça e aconteça”

Com nova Piscina Olímpica, MS tem estrutura para realizar eventos nacionais e internacionais

Não é a primeira piscina longa de Mato Grosso do Sul. Existem duas piscinas de 50m em Campo Grande, localizadas no campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e no Tênis Clube, no Conjunto José Abrão.
No entanto, a piscina de 50m inaugurada no Centro de Desenvolvimento Social e Cultural (CEDESC) da Fundação Lowtons de Educação e Cultura (Funlec) no dia 14 de dezembro é a única a atender a estrutura definida pela Federação Internacional de Natação (Fina).
A piscina da Funlec é antiga, mas há mais de dez anos não recebia competições. Ela sofreu infiltrações de águas pluviais que danificaram o revestimento. Para a adaptação e renovação da piscina foram investidos R$ 250 mil. Com 50 metros de extensão, 10 raias e capacidade de 3 milhões de litros de água, ela está adaptada a receber competições nacionais e internacionais. “O desafio foi grande mas fizemos e ela está aí pra comunidade. É a única piscina da cidade e do Mato Grosso do Sul”, destaca o diretor-presidente da Funlec, Luiz Roberto Pires.
Na solenidade de inauguração foi firmado convênio entre a Funlec e a Federação de Desportos Aquáticos de Mato Grosso do Sul (FEDAMS) para o uso do espaço para outros eventos. “Daqui pra frente vamos estar trazendo outros eventos, quem sabe evento nacional e até internacional e nós temos mais um local, colocando o nosso Estado em evidência nacional”, disse Marcello Vargas, presidente da FEDAMS.
Para o tricampeão Pan-Americano da natação, Leonardo de Deus, a nova estrutura fará enorme diferença no desempenho dos atletas. “O Estado, a cidade ela tem que dar estrutura para que o atleta possa se desenvolver e ter uma piscina olímpica, uma piscina de 50m que você pode fazer campeonatos nacionais e internacionais, é fundamental para a evolução desse atleta. Ficar treinando em piscina de 25m é totalmente diferente de você ter uma oportunidade de você treinar em uma piscina olímpica. A gente está dando oportunidades pra gente estar colocando mais crianças para competir de igual para a igual”, explica.
A parceria também prevê a cedência da piscina para os clubes investirem no aperfeiçoamento dos atletas. O técnico Durval Barbosa, da equipe do Rádio Clube, lembra que já no Campeonato Estadual de Verão Troféu Leonardo de Deus, os nadadores puderam sentir a diferença em competir na piscina longa. Alguns nunca haviam entrado em uma piscina longa e os treinamentos são feitos em estruturas de 25m e até de 15m. “O impacto é muito forte porque as principais competições no Brasil são em piscinas de 50m e a gente tinha essa deficiência, treinávamos em piscina de 25m, curta, e competíamos nas de 50m que é a longa, então a diferença é muito grande. Para os atletas vai ser excepcional”, destaca.
O treinador espera também que o espaço seja cedido para atender os clubes. “A hora que tiver à disposição pra gente treinar aqui a gente vem pra fazer os treinos mais específicos, mais próximos dos eventos mais importantes pra que a condição seja igualada com os outros centros do Brasil”, reforça.
É a primeira estrutura do Estado a atender todas as exigências internacionais, mas em breve, Campo Grande pode ter outra piscina olímpica. Será assinado em breve o convênio para a construção de uma nova unidade no Parque Ayrton Senna. O contrato será de contrato será de R$ 6,3 milhões, sendo R$ 6 milhões da Secretaria Especial do Esporte, do Ministério da Cidadania, e R$ 300 mil de contrapartida da Prefeitura de Campo Grande.

Família de nadadores

A equipe de natação Samix, de Santa Cruz de La Sierra (Bolívia) foi a convidada de honra no Campeonato Estadual de Verão Troféu Leonardo de Deus, ocorrido nos dias 14 e 15 de dezembro, no Cedesc da Funlec, em Campo Grande.
Super simpáticos, a equipe veio com 22 atletas sob as ordens do técnico José Quintanilla. De família de nadadores, desde pequeno ele pratica o esporte ao lado de mais três irmãos. O pai foi presidente da Federação de Natação da Bolívia. Pela primeira vez esteve em Campo Grande e avaliou os resultados obtidos pelo grupo como satisfatórios. Para ele, o fato de nadar em uma piscina de 50m não trouxe muitas dificuldades para os atletas. “Em Santa Cruz (Bolívia) onde nós moramos não tem piscina longa mas para o atleta dá no mesmo, a marca não é a mesma mas é só acostumar. Viemos três dias antes da competição e ficou bom”, explica Quintanilla.
Ele é casado com Katherine Moreno, a primeira mulher boliviana a estar nos Jogos Olímpicos na natação pelo país. Participou das competições em Seul (Coréia do Sul) em 1988 e após uma pausa de 12 anos na carreira voltou a competir em Sidney (Austrália) no ano 2000, Atenas (Grécia) 2004 e Beijing- Pequim (China) 2008 nas modalidades peito e medley. Ela diz que é preciso ter perseverança e foco para chegar ao sonho de uma Olimpíada. “É perseverança, é saber esperar porque não é da noite pro dia é um grande trabalho assim como os estudantes esperam 12 anos para se graduar no colégio o nadador também tem que esperar tempo parecido para chegar ao nível olímpico”, declara.
Seguindo os passos da mãe, José Alberto Quintanilla, de 22 anos já estreou em uma Olimpíada. Participou dos Jogos no Rio de Janeiro em 2016 nos 50m livres, seu estilo preferido. Ficou muito famoso ao aparecer muito emocionado na cerimônia de abertura. Considerou a competição realizada em Campo Grande muito bonita e espera estreitar o intercâmbio com os clubes locais. O atleta está em preparação para o ano que vem, para mais uma vez participar de uma Olimpíada. “Agora estamos testando os 50m com uma boa marca, então isso nos dá a possibilidade de continuar em treinamento para alcançar a marca olímpica”, disse.

Os Homenageados

A solenidade de inauguração da Piscina Olímpica no Centro de Desenvolvimento Social e Cultural (CEDESC) da Fundação Lowtons de Educação e Cultura (Funlec) reuniu diversas autoridades no dia 14 de dezembro. Estiveram presentes o deputado estadual Felipe Orro; o vereador e presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, João Rocha; o chefe de Gabinete do Governo do Estado,  Carlos Alberto de Assis; a deputada federal Rose Modesto; o diretor- presidente da Funesp, Rodrigo Terra; o ex-senador Pedro Chaves e o prefeito de Costa Rica, Valdeli dos Santos Rosa. 

Carlos Alberto Assis, também professor de educação física, diz que a piscina foi um sonho concretizado. “O esporte sul-mato-grossense vive um dia especial hoje, com a entrega dessa piscina e esse evento maravilhoso. E os atletas que a gente forma, saem por aí ganhando medalhas, como o Leonardo de Deus que hoje é uma referência da natação brasileira e para os nossos atletas, um grande orgulho para Mato Grosso do Sul”, disse. 

João Rocha, professor de educação física, também destaca a importância da inauguração da piscina olímpica. “Essa piscina vem suprir uma deficiência em equipamentos esportivos que temos há muitos anos e no sentido de oferecer oportunidades nesse padrão para os nossos atletas estarem treinando e competindo em alto nível. São portas que se abrem para que o esporte de Campo Grande e MS possa ser alavancado e continuar melhorando o rendimento a nível nacional e internacional”, declara. 

Leonardo de Deus

O grande homenageado do dia foi o Tri Campeão Pan Americano, Leonardo de Deus. Com 28 anos é o atual recordista brasileiro com medalhas nos 200m borboleta em Guadalajara 2011, Toronto 2015 e Lima 2019. Ainda nesse ano, conseguiu medalha de ouro nos Jogos Mundiais Militares. Hoje, ele compete pela equipe Unisanta, de Santos. Filho de militar, nasceu em Campo Grande mas mudou-se para Belém (Pará) e morou em Brasília. 

Ao ver a medalha do Campeonato Estadual de Verão Troféu Leonardo de Deus, não acreditou que pudesse ter o nome estampado em uma competição. “Eu nunca imaginei na minha carreira ter o nome no campeonato estadual na minha cidade ainda mais na inauguração de uma piscina de 50m, isso é muito importante para o fomento ao esporte. Pra mim, me sinto muito lisonjeado e me sinto muito abençoado com tudo o que tá acontecendo na minha carreira, na minha vida. Eu espero poder fazer cada vez mais pela natação”, agradeceu.

Leonardo reconheceu o empenho da direção da FEDAMS em prestar homenagem ao quem leva o nome de Mato Grosso do Sul. “Pela primeira vez eu estou me sentindo abraçado pelo meu Estado , pela minha casa, o que depender de mim eu estou á disposição para ajudar o esporte aqui em Mato Grosso do Sul e Campo Grande”, disse

O campeão entregou uma touca assinada de próprio punho para a direção da FEDAMS. Só existem mais duas iguais a essa pelo mundo. Uma forma de retribuir a acolhida e o carinho na participação do Campeonato Estadual de Verão Troféu Leonardo de Deus. 

O pai

Domingos Afonso Almeida de Deus também recebeu homenagem na solenidade. Militar e praticante de esportes, ele é o pai de Leonardo de Deus. Ele é gestor esportivo da carreira do Leonardo de Deus e a mãe, é a nutricionista. Ficou grato e lisonjeado ao receber o troféu de homenageado, mas fez questão de ressaltar que fica nos bastidores. 

Domingos Almeida anuncia três fatores essenciais para a formação do atleta: o próprio atleta, o técnico e a família.  “A família foi fundamental ,mas mais do que isso foi a vontade do atleta. As conquistas são do atleta, do nadador, os atletas são eles e os pais devem dar o suporte. A gente se doou totalmente pro sonho do filho. O sonho é dele, não nosso, mas nós somos uma das peças fundamentais nessa jornada”, disse. 

CAMPEONATO ESTADUAL LEONARDO DE DEUS 2019

videotogif_2019.11.05_21.48.58

20200108_064250_rmedited

 

videotogif_2019.12.18_17.56.41img-20191202-wa0010.jpg

Campeonato Estadual de Verão Leonardo de Deus realizado no CEDESC (FUNLEC), nos dias 14 e 15 de dezembro de 2019, com a inauguração da piscina olímpica do MS e a presença do nosso grande campeão Leonardo de Deus!

79315605_508564303119869_4104275300722933760_o

79364853_508552263121073_8792838742667689984_o

79848580_508552506454382_2150883703025303552_o

DSC_0248

Campeonato Estadual Leonardo de Deus

Categoria Mirim e Petiz

Categoria Infantil a Sênior

Categoria Master

videotogif_2019.10.28_21.42.21

Pela primeira vez sul-mato-grossense sobe 3x ao pódio no Troféu Chico Piscina 

IMG-20191008-WA0016

A delegação da natação do Mato Grosso do Sul participou com 7 atletas do Troféu Chico Piscina, evento realizado entre os dias 10 a 12 de outubro, na cidade de Mococa (SP).  A edição desse ano contou com 19 seleções, incluindo as delegações do Uruguai e Paraguai. As competições foram nas categorias Infantil e Juvenil.

IMG-20191014-WA0018

O destaque foi Sammer Campos Abdallah, 14 anos, da categoria Infantil II, o primeiro sul-mato-grossense a subir três vezes ao pódio em uma mesma edição do Troféu Chico Piscina. Sammer conquistou duas pratas. A primeira nos 50m Livre, quando ficou apenas 11 centésimos atrás do 1º colocado, fazendo o tempo de 25s30. No segundo dia de competições, conquistou a segunda prata nos 200m Livre com a marca de 01:58:84. No terceiro dia, conseguiu a medalha de ouro com tempo de 54s77, nos 100m Livre. 

Para o atleta, o resultado superou as expectativas. “Eu não esperava esse resultado, eu pensei que tinha chance nos 100m Livre só”, disse. Com o destaque, o nadador, que recebe patrocínio do Bolsa Atleta, dedicou a conquista aos técnicos e à família. 

O próximo desafio é em novembro, no Campeonato Brasileiro Interclubes Infantil de Natação de Verão “Troféu Maurício Bekenn”, em Porto Alegre (RS), onde o atleta vai nadar também os 400m Livre. 

O restante da delegação de MS também fez bonito.  Letícia Cirilo (Infantil) ficou em 13º lugar com o tempo de 29s22 nos 50m Livre e em 11º lugar nos 100m Costas com tempo de 01:12:65. 

Leonardo Oshiro (Infantil) ficou em 14º nos 100m Peito com tempo de 01:14:95 min. Também nos 100m Peito, Lorenzo Cunha (Juvenil), ficou como 2º Reserva (10º lugar) com a marca de 01:09:14. 

Guilherme Sperandio (Juvenil) ficou na 14ª posição nos 200m Livre com tempo de 02:00:92 e como 2º Reserva (10º lugar) nos 400m Livre com 04:15:09min. 

A primeira finalista foi Maria Eduarda Biacio (Juvenil). Ela ficou em 8º lugar na final dos 100m Peito no primeiro dia de provas com tempo de 01:18:93 min. 

Júlia Maria Freitas (Juvenil) ficou como 1º Reserva (9º lugar) nos 400m Libre e tempo de 04:43: 11 min. A nadadora foi para a final dos 200m Medley, ficando em 8º lugar com tempo  de 02:32:98 min e também foi para a final dos 100m Costas, batendo em 4º lugar com tempo de 01:08:95 min. 

Para o técnico José Gehilson, que integrou a comitiva do Estado, o resultado foi bastante positivo. Mesmo com uma equipe enxuta, os atletas conseguiram chegar às finais em seis provas, em uma competição de alto nível e índice técnico elevado. “Foi bastante positivo. Os 7 atletas nadaram bem, pegamos as finais (6) e quem não conseguiu nadar a final esteve entre os 10 melhores, 12 melhores atletas do Brasil nas provas que nadou e isso foi bem significativo pra nós”, destaca. 

Além do desempenho de Sammer Abdallah, o técnico enfatizou a participação de Júlia Maria Freitas ao chegar em duas finais em provas muito disputadas. “Isso pra mim foi muito gratificante”, reforça.

Com os resultados, a delegação de Mato Grosso do Sul ficou em 11º lugar no ranking da pontuação.  A equipe contou com apoio da FEDAMS e Fundesporte inclusive para garantir alojamento aos atletas e garantiu que eles ficassem focados apenas na competição, trazendo mais tranquilidade aos técnicos.   

Acompanharam também os atletas o técnico Cássio Castro e os diretores da FEDAMS, Sammer Abdallah e Vantuil Freitas. Ulisses Neto, também de MS, fez parte da equipe de arbitragem da competição. 

IMG-20191014-WA0009