Capitão Rampazzo recebe homenagem da FEDAMS

IMG-20190822-WA0016

screenshot_20190927-064712.png

screenshot_20190927-064629.png

Nascido em Hortolândia, Clóvis Rampazzo, o Capitão Rampazzo chegou em Mato Grosso do Sul em 1968. Começou a trabalhar com natação no Clube União dos Sargentos quando o filho mais velho começou a competir aos 10 anos, a partir de 1984.. Por 8 anos presidiu a Federação dos Desportos Aquáticos de Mato Grosso do Sul (FEDAMS) em uma época de pouca divulgação do esporte, quando o Mato Grosso ainda era uno. 

IMG-20190926-WA0006

Capitão Rampazzo fez historia. Ajudou a organizar competições como o Torneio Centro- Oeste na piscina da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e no Tênis Clube. 

Ajudou na formação de um seleto grupo de atletas, hoje técnicos, professores e entusiastas do esporte. Nomes como José Gehilson da Silva (técnico do Rádio Clube); Marcella César Gomes Marcellino (medalhista no Campeonato Brasileiro); Luis Cristaldo (medalha de prata no Campeonato Brasileiro); Durval Barbosa (técnico do Rádio Clube) e Luiz Naime (diretor de esporte do Rádio Clube) conheceram de perto o trabalho do Capitão. Com a seleção de natação de MS foi até as regiões de Goiânia (GO) , Brasília (DF) e Cuiabá (MT). No posto de diretor do Clube União dos Sargentos levou a equipe para Curitiba e Maringá (PR) por duas vezes e para Cuiabá. 

IMG-20190926-WA0008

“Competição é um esporte muito duro. O atleta tem que ficar vendo fundo de piscina todo dia. É um treinamento puxado, não é pra todo mundo. O que animava eles pra treinar era a competição então a gente tinha que viajar. Quase todo mês a gente fazia uma viagem” , disse. Quando não ia para outros estados sempre marcava presença em cidades do interior de MS como Corumbá e Dourados. 

“Pra conseguir ônibus pra essas viagens era uma luta, meu Deus do céu. Teve dia que eu consegui o ônibus na véspera da viagem. A gente ia pra Brasília E conseguimos na véspera”, relembra o Capitão. 

No intervalo de tantas competições, conheceu pessoalmente o ícone da natação feminina no Brasil, Maria Lenk. “Ela nadava todos os dias. Ela chegava na piscina, antes da competição ela ia lá, nadava tal, ai trocava de roupa e vinha. Simples de tudo ela”

IMG-20190926-WA0003

Já naquele período, tirar dinheiro do próprio bolso era normal. Em retorno de viagem de Goiânia, foram parados em uma barreira do posto da Polícia Rodoviária Federal e tiveram de almoçar na estrada, mas e o dinheiro? “Não tinha dinheiro para bancar o almoço das crianças. Tive que dar um cheque. Depois fui cobrir. Dificuldades têm sempre só não tem dificuldade quem não trabalha, quem trabalha vai encontrar dificuldades e desafios”, declara. 

Para conseguir recursos fazia carreteiro, baile e churrasco. Ajudou na criação da Associação de Pais e Amigos do Clube União dos Sargentos e trabalhava nos eventos esportivos.   “Ás vezes eu era anunciador, trabalhava como cronometrista, me envolvia”, diz com um sorriso persistente.  

IMG-20190926-WA0005

Pai de 5 filhos, sendo 4 deles nadadores, Capitão Rampazzo, hoje tem 75 anos, 8 dedicados à natação. E havia motivação: “O que me cativava e valia a minha dedicação é o fato de que quem pratica natação não tem vício. Não dá pra conciliar cigarro, bebida com natação. Então a gente sabia que tava formando uma geração sadia”. 

Pela própria saúde, pratica natação há 3 anos, pelo menos 3 vezes na semana. 

Os frutos de Clóvis Rampazzo permanecem florescendo na natação. O filho, Alexandre, está inscrito no Torneio Centro-Oeste de Clubes Infantil a Sênior, com início nessa quinta-feira, no Rádio Clube. Marcella César Gomes Marcellino também irá participar da competição. 

Pelos anos de dedicação à natação sul-mato-grossense, Capitão Rampazzo é o  homenageado na solenidade de abertura do evento.  

IMG-20190926-WA0004

2 comentários Adicione o seu

  1. Ana Carolina Ramirez Miranda disse:

    Nadei na época onde o capitão Rampazzo atuou na natação. Foram 7anos da minha vida inesquecíveis. Homenagem mais que merecida! Um exemplo a ser seguido por todos que amam a natação como ele!

    Curtir

  2. Celso Fontoura Correa disse:

    Parabéns Capitão!! A sua dedicação e o amor pela Natação e pela formação de uma geração sadia, que você plantou está aí vivíssima neste Torneio do Centro Oete de 2019 na piscina do Rádio Clube. Com filhos , professores, técnicos, alunos todos campeões, e em pleno vigor.
    O nosso muito obrigado.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s